Esperamos vitória no primeiro turno, diz Flávio Bolsonaro ao votar

***ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, 17.04.2020 - O senador Flávio Bolsonaro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, 17.04.2020 - O senador Flávio Bolsonaro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Filhos mais velhos do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) votaram no início da manhã deste domingo (2) em uma escola municipal em Vila Isabel, na zona norte do Rio de Janeiro.

Após votar, Flávio, que é coordenador-geral da campanha do pai, disse ter expectativa de que Bolsonaro vença no primeiro turno, afirmando ser "testemunha ocular" do apoio a ele nas ruas e ecoando declarações do presidente que questionam a validade de levantamentos eleitorais.

Pesquisa Datafolha mais recente indica que Jair Bolsonaro tem 36% dos votos válidos, ante 50% de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu principal rival.

"Bolsonaro já foi eleito no Japão. Vamos ver se a população vota com o Neymar ou com o Marcola", afirmou o senador.

Mais cedo, o ministro Alexandre de Moraes havia determinado que o site O Antagonista removesse conteúdo "sabidamente inverídico" sobre suposto endosso do líder do PCC a Lula. Carlos saiu da sessão sem falar com a imprensa.

Flávio chegou à sua sessão eleitoral por volta das 8h10, acompanhado da mulher, Fernanda Antunes Figueira. Carlos entrou na fila pouco depois, com a mãe, Rogéria Nunes Nantes Braga.

Todos vestiam verde e amarelo, sendo saudados por apoiadores na fila, posando para selfies.

Carlos usava ainda uma camisa em que se lia "Ramagem & Deputado & Federal & Rio". É uma referência a Alexandre Ramagem, ex-chefe da Abin cuja candidatura à Câmara dos Deputados pelo PL o filho 02 de Bolsonaro apoia.

*da Folhapress, por Clara Balbi