“Espertalhão” que explora o medo da população, diz Ciro sobre Bolsonaro

“Espertalhão” que explora o medo da população, diz Ciro sobre Bolsonaro. Foto: Reuters.
“Espertalhão” que explora o medo da população, diz Ciro sobre Bolsonaro. Foto: Reuters.
  • Explorando o medo, Bolsonaro traz essa mentira criminosa de que a segurança do povo é individual de cada um, afirmou o pedetista;

  • Fala do pedetista ocorreu nesta quinta-feira (15), em entrevista ao Programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal, em Pernambuco;

  • Ciro propôs delegar a responsabilidade sobre o enfrentamento do crime organizado para a esfera federal.

Segundo o candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), o presidente Jair Bolsonaro (PL), que tenta a reeleição, “explora o medo” das pessoas para favorecer o discurso de liberação do acesso a armas de fogo no país. A fala do pedetista ocorreu nesta quinta-feira (15), em entrevista ao Programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal, em Pernambuco. As informações são do portal Metrópoles.

Na ocasião, o ex-ministro foi questionado sobre discurso proferido pelo mandatário em Natal, no Rio Grande do Norte, na quarta-feira (14). Na capital potiguar, Bolsonaro disse que “o povo armado jamais será escravizado”.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

“Bolsonaro explora uma coisa verdadeira, o nosso povo está com medo. Quem manda na periferia do Brasil hoje não é mais o governo, não é mais juiz, delegado de polícia, cadete. Quem manda são as facções criminosas, que tomaram sede, se organizaram, estão lavando dinheiro, ante a absoluta impotência das autoridades nacionais brasileiras, porque isso não vai ser resolvido pela polícia local”, afirmou Ciro.

De acordo com o ex-governador do Ceará, Bolsonaro é um “espertalhão” que usa o receio da população pela falta de segurança para dizer que a proteção é medida individual.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)

“Como o Bolsonaro é um espertalhão, ele sabe que o povo está com medo. Sexta-feira o menino vai sair, a mãe já bota a angústia, rezando para o menino voltar para casa sem ser assaltado, sem ser a moça estuprada. Explorando o medo, ele [Bolsonaro] traz essa mentira criminosa de que a defesa social e a proteção da segurança do povo é individual de cada um”, resumiu.

Se eleito, Ciro propôs delegar a responsabilidade sobre o enfrentamento do crime organizado para a esfera federal.

“Vou limpar a periferia do Brasil desse flagelo terrorista que as facções criminosas fizeram”, prometeu Ciro.

Pesquisas eleitorais, como saber em quais posso confiar?

Em meio a essa diversidade de levantamentos existentes no Brasil, muitos eleitores não sabem em quais resultados acreditar.

No primeiro dia do ano passou a ser obrigatório (leia a resolução clicando aqui)o registro junto à Justiça Eleitoral de qualquer pesquisa pública relacionada às eleições para presidente e governador. Porém, se uma pesquisa está registrada não necessariamente significa que ela será confiável, isso porque não há nenhum tipo de fiscalização prévia sobre a metodologia desses levantamentos.

Atualmente, a confiabilidade das pesquisas é garantida no Brasil por meio da transparência. São algumas das informações que devem ser cadastradas junto à Justiça Eleitoral, tornando as pesquisas passíveis de contestação, caso qualquer irregularidade seja encontrada posteriormente:

  • Nome do contratante

  • Valor cobrado pela pesquisa

  • Origem dos recursos investidos

  • Metodologia

  • Período de realização

  • Sistema de fiscalização da coleta de dados

  • Tipo de questionário aplicado

Para identificar os atributos que mais merecem atenção nas pesquisas eleitorais, a reportagem do Yahoo! Notícias conversou com alguns especialistas no assunto e separou uma lista com os pontos mais importantes, confira aqui.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)