Espetáculo infantojuvenil com temática antirracista é atração no Sesc Tijuca

Antes da festa do seu oitavo aniversário, a menina Bú decide prender seus cabelos como sempre fazia ao comemorar idade nova. Mas, desta vez, a garotinha é impedida por suas próprias madeixas, que ganham vida e a convidam para uma surpreendente viagem às suas raízes. Esta é a história do espetáculo infantojuvenil “Aniversário da Bú”, que fica em cartaz, no Sesc Tijuca, até o dia 13 de novembro, aos sábados, às 16h, e aos domingos, às 11h e às 16h. A dramaturgia coletiva assinada por Akauã Santos, Aline Marosa, Eduardo Vaccari, Isabour Estevão e Junior Melo tem como objetivo empoderar crianças negras contra o racismo.

Cultura: Artista plástico inaugura galeria em espaço que também é a sua casa

Literatura: Livro conta histórias de uma viajante

Intérprete da protagonista e coautora da peça, Isabour Estevão emprestou a sua própria história como inspiração para a criação da peça “Aniversário da Bú”.

— O espetáculo aborda a construção da autoimagem na infância, que é fundamental para o desenvolvimento saudável de toda criança. Nesta obra, jogamos luz sobre a trajetória da Bu, que não se sente feliz com o seu cabelo. Esse sentimento é presente em crianças negras que, sistematicamente, são marginalizadas e hostilizadas em seus meios de convívio. Este trabalho contribui para a luta antirracista — diz a artista.

A entrada custa R$ 10 (inteira).

SIGA O GLOBO BAIRROS NO TWITTER (OGLOBO_BAIRROS)