Esposa só acreditou que marido estuprou pacientes após ver vídeo

Andres Eduardo Oñate Carrillo foi preso nesta segunda-feira por estupro de vulnerável. Ele é suspeito de ter abusado de duas pacientes sedadas durante cirurgia

Anestesista colombiano é preso por abusar de pacientes no RJ (Foto: Reprodução/TV Globo)
Anestesista colombiano é preso por abusar de pacientes no RJ (Foto: Reprodução/TV Globo)

A esposa do anestesista colombiano Andres Eduardo Oñate Carrillo, de 32 anos, preso nesta segunda-feira por estupro de vulnerável, não acreditou, em um primeiro momento, que seu companheiro tivesse praticado crimes contra ao menos duas pacientes — ele também é investigado por um possível aliciamento de crianças para a produção de conteúdo pornográfico.

Segundo a polícia, a mulher aceitou apenas depois de ver o conteúdo feito pelo próprio médico durante o abuso.

Quando a polícia chegou ao endereço de Andres para cumprir os mandados de prisão e de busca e apreensão, na manhã desta segunda-feira, quem abriu a porta do apartamento foi a mulher do médico.

Desde o início, ela se mostrou surpresa com a presença de policiais em sua casa e questionava a todo momento o que estava acontecendo.

— Ela não acreditou no começo, o que era de se imaginar numa situação dessas. Só acreditou mesmo depois que viu o vídeo, e chorou — conta o delegado Luiz Henrique Marques, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Decav), responsável pela investigação.

Nas redes sociais, o anestesista compartilhava uma rotina em família, com publicações ao lado da noiva, a quem fazia declarações de amor, e da cachorra dele, da raça pug. Nos posts, ele também aparece cercado de amigos em um dos hospitais em que trabalha no Rio de janeiro.

Com imagens produzidas profissionalmente, o vídeo publicado no último mês de setembro mostra o anestesista ajoelhado para pedir a noiva em casamento diante da Torre Eiffel, em Paris. Além de exibir as alianças, as imagens mostram o casal dançando às margens do Rio Sena. A publicação foi legendada como "mil vezes te amo".

O pug, cachorro do anestesista, é outro destaque em sua conta, com várias publicações. A última, durante a final da Copa do Mundo, exibe o animal com trajes típicos do Catar.

No Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, na Ilha do Fundão, Andres compartilhava imagens ao lado dos colegas, com quem aparecia abraçado e sorridente.

Em março de 2020, ganhou um bolo de aniversário, em que estava fincada uma foto do próprio anestesista com os dizeres: "Aha, uhu, ô Andres eu vou comer seu...".