'Esqueceu como fazer gols', ' contra a parede': como a imprensa do México reagiu à derrota para a Argentina

A derrota da seleção do México neste sábado para a Argentina, contra quem os torcedores mexicanos nutrem rivalidade ferrenha, foi recebida com enorme lamentação pela imprensa do país. O resultado deixou os mexicanos em situação delicada no Grupo C da Copa do Mundo do Catar, e ainda rendeu uma provocação do diário esportivo argentino "Olé" - que, por sinal, foi acompanhado pela imprensa internacional nos elogios à atuação de Messi na vitória por 2 a 0.

Tabela da Copa: Veja todos os resultados, horários e datas dos jogos do Mundial

Simulador do GLOBO: Decida quem avança em cada fase da Copa do Mundo

Copa, cabelo e bigode: Teste seus conhecimentos sobre os jogadores pelo visual

"México se esqueceu como fazer gols", criticou o veículo mexicano "El Financiero", destacando a sequência de quatro partidos em que a seleção não balança as redes em Copas. Além dos dois jogos em branco neste Mundial, contra a Argentina - ampliando a freguesia mexicana - e no empate sem gols com a Polônia, o México tampouco havia marcado em suas duas últimas partidas na Copa da Rússia, em 2018, contra Suécia pela fase de grupos e na eliminação para o Brasil nas oitavas de final.

O jornal "El Sol de México" afirmou que "Messi e a Argentina colocam o México contra a parede", destacando que a seleção nacional terá que "jogar tudo contra a Arábia Saudita", na rodada derradeira da fase de grupos. Com apenas um ponto, e saldo negativo de dois gols, o México precisará bater a Arábia Saudita, que soma três pontos, e possivelmente fazer contas para tentar uma classificação no máximo como segundo colocado da chave.

O jornal "El Universal" também lamentou a derrota mexicana, destacando a situação complicada para tentar chegar às oitavas de final: "à beira da eliminação".

O diário esportivo "Olé", da Argentina, alimentou a rivalidade com os mexicanos ao ressuscitar, nas redes sociais, uma provocação do portal mexicano TNT Sports, que havia questionado um "sumiço" de Messi após a derrota dos argentinos para a Arábia Saudita. "Aqui está", rebateu o "Olé" neste sábado.