Esquema de trânsito do Rock in Rio terá ônibus especiais e transporte público com horário estendido

A Prefeitura do Rio divulgou, nesta quarta-feira (3), o esquema especial de transporte para o Rock in Rio 2022. A edição deste ano conta com uma novidade: o Rock Express, ônibus exclusivos para a chegada na Cidade do Rock, na Zona Oeste do Rio. A ida e volta custará R$ 22,00, com compra antecipada. Esse transporte será administrado pela própria organização do evento.

Quer ficar por dentro do festival? Acompanhe as principais notícias do Rock in Rio

Rock in Rio: Palco Mundo será feito com 200 toneladas de material reciclado recolhidas em todo o país

O embarque do Rock Express será realizado nos terminais Jardim Oceânico e Alvorada, na Barra da Tijuca, com idas a partir das 13h. O tráfego será feito pelas calhas do BRT e sem paradas. A identificação para embarcar no transporte é através de uma pulseira. Para realizar a compra da passagem, é necessário acessar e se cadastrar no site transporterockexpress.com.br. O anúncio foi feito pelo vice-presidente do Rock In Rio, Ricardo Acto. Segundo a Prefeitura do Rio, essa será a principal forma de acesso ao evento.

Além do Rock Express, também há a possibilidade do ônibus Primeira Classe. Um transporte executivo com 17 pontos espalhados pela cidade. O valor é de R$ 125, ida e volta para cada dia do evento.

As estações do Metrô Rio ficarão abertas 24h durante os dias do festival. A estação Jardim Oceânico ficará aberta integralmente (para embarque e desembarque) e as demais estações ficarão abertas apenas para desembarque. A tarifa será de R$ 6,50 e a concessionária reforça que para um melhor fluxo o passageiro deve estar com os bilhetes de ida e, principalmente, de volta comprados.

Morte de adolescente: ‘Em estado de choque’, diz tia sobre mãe de estudante atropelado e morto por modelo Bruno Krupp

O BRT funcionará normalmente para a população em geral e terá horários estendidos apenas em três estações, sendo elas: Terminal Recreio até Estação Vila Militar; Terminal Alvorada até Terminal Santa Cruz e Terminal Recreio até Estação Madureira. O objetivo é que as pessoas tenham mais opções na saída dos shows.

A Prefeitura ressalta que não haverá estacionamento no entorno da Cidade do Rock e que todo entorno do evento terá circulação restrita.

A edição do Rock in Rio deste ano será realizada nos dias 2, 3, 4, 8, 9 10 e 11 de setembro, na Cidade do Rock, na Zona Oeste do Rio.

LIne-up: Confira as atrações confirmadas para o Rock in Rio 2022

Esquema especial de trânsito

O esquema especial de trânsito contará com cancelas em pontos de bloqueio próximos à região do evento. Apenas os veículos de moradores previamente cadastrados e de serviço de utilidade pública poderão acessar a área bloqueada.

Os moradores cadastrados receberão tags que abrirão automaticamente as cancelas.

— Isso traz um benefício muito grande na velocidade que você libera os veículos do bloqueio. Antigamente a gente tinha uma credencial e tinha dificuldade em identificar [carros credenciados] — explicou Joaquim Dinis, presidente da CET-Rio

Investigação sobre desvio: MP diz que ordens de pagamento emitidas pelo Ceperj são afronta à 'prevenção à lavagem de dinheiro'

A Avenida Embaixador Abelardo Bueno, no trecho entre a Estrada Arroio Pavuna e Avenida Salvador Allende e as ruas Jaime Poggi, Franz Weissman, Aroazes ficarão interditadas das 14h às 6h.

Para realizar o credenciamento prévio, o morador deve acessar o site rio.rj.gov.br/credenciamentodeveiculos até o dia 8 de agosto (próxima segunda-feira). Podem se cadastrar proprietários, locatários e responsáveis por imóveis, desde que tenham a conta de luz, para comprovação. A estimativa é cadastrar 35 mil carros.

Planejamento

A Prefeitura ressalta que não haverá estacionamento próximo à Cidade do Rock e que todo entorno do evento será de circulação restrita.

Já a Guarda Municipal contará com um efetivo de 621 agentes em cada dia um dos sete dias. A ideia é que os guardas realizem a interdição e a fiscalização do trânsito e o patrulhamento na região.

A Prefeitura contará com um efetivo de 962 agentes de diversos setores para atuar no festival. O Centro de Operações Rio (COR) instalará 129 câmeras no entorno da Cidade do Rock para ajudar na mobilidade urbana.

— A Defesa Civil já trabalha em parceria com os organizadores e realiza visitas preventivas. E a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização já começou a dar as autorizações para os estabelecimentos comerciais que desempenharão algum tipo de atividade econômica e também para as ações de publicidade que serão ativadas no festival — disse o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Quadrilha planejava furtar trilhos: ex-secretário da Prefeitura do Rio e vereador é investigado

A Comlurb também terá um esquema especial e 181 garis por dia para a limpeza externa da área do festival. Na área interna da Cidade do Rock, serão 761 garis por dia e contêiners para o descarte correto de materiais recicláveis e orgânicos. Todo o material reciclável será encaminhado para cooperativas e os resíduos orgânicos irão para o EcoParque do Caju, onde serão tratados e transformados em adubo.

O secretário de Saúde, Rodrigo Prado, informou que o Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e de Inspeção Agropecuária (Ivisa-Rio) atuará no festival. A pasta vai fazer a fiscalização sanitária de produtos e serviços, inspeção prévia de fornecedores de alimentos e bebidas e nos estabelecimentos comerciais do entorno. Além de um combate à dengue na área.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos