“Esse disco celebra meu encontro, admiração e gratidão pela África”, diz Chico César sobre novo álbum

Uma profusão de ritmos e encontros para celebrar o pan africanismo. Essa é a tônica de Vestido de Amor, o 10° álbum do cantor e compositor Chico César e o primeiro a ser totalmente produzido no exterior. Mas o trabalho feito apenas com músicas inéditas também traz uma canção de forte apelo político para denunciar “o neofascismo que se instalou no Brasil", segundo o cantor e compositor paraibano.

Chico César recebeu o convite do selo Zamora para produzir um disco na França. O álbum, que reuniu músicos brasileiros, africanos e franceses, é formado por canções inéditas, algumas delas compostas durante os momentos mais críticos da crise sanitária da Covid-19. “Compus muito durante a pandemia, primeiro no Brasil. Flor do Figo, canção que abre o disco, foi feita quando estava sentado na cama, durante a pandemia. Ali eu senti que estava nascendo algo novo dentro de mim, que vinha um disco por aí”, contou na entrevista à RFI Brasil.

Na sequência, Chico César compôs outras músicas durante uma estada no Uruguai. Para a gravação, ele cruzou o Oceano Atlântico e se instalou em Carpentras, sul da França, onde há exatamente um ano realizou as gravações. A finalização veio depois, na capital francesa.

Apesar de canções inéditas, o novo álbum mantém a fidelidade à diversidade musical que acompanha sua trajetória desde o início de carreira. As 11 faixas do novo álbum trazem uma profusão de ritmos que vão do forró nordestino ao reggae jamaicano, passando pelo calipso, a rumba zairense, o coco e o rock urbano. E o artista brasileiro fez questão de estar mais uma vez acompanhado de dois grandes nomes da música africana.

"Bolsominions"


Leia mais

Leia também:
Brasil é o convidado de honra de Festival no Senegal
“O Brasil sempre vai estar presente no meu jeito de fazer música”, diz cantora de jazz Agathe Iracema

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos