'Está descompensado', diz Temer sobre Lula o chamar de 'golpista'

O ex-presidente Michel Temer (MDB) disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à Presidência, está "descompensado" e que irá perder votos por tê-lo chamado de golpista durante o debate da TV Globo.

Saúde pública e defesa da pílula do aborto: veja o que Lula e Bolsonaro já falaram sobre interrupção da gravidez

Lula é absolvido? Saiba qual é a situação jurídica atual do ex-presidente citada no debate da Globo

— Acho que ele está descompensado — disse ao GLOBO, repetindo o termo que, pouco antes, Lula havia usado para cricitar seu adversário, Jair Bolsonaro (PL), no programa da Globo.

Durante o debate, Lula disse que Bolsonaro recebeu o governo de um golpista, se referindo a Michel Temer. O ex-presidente do MDB disse que, após o comentário de Lula, correligionários passaram a entrar em contato com ele para dizer que não irão mais votar no petista:

— Estou recebendo muitas mensagens aqui de gente que dizia que iria votar nele e não vai mais votar por causa disso. Muita gente do MDB está me mandando mensagem dizendo isso. Mas, coitado, não posso culpar ele. Às vezes, a pessoa está em um debate e diz coisas assim.

Sobre o seu posicionamento na eleição, Temer afirmou que segue fiel à nota oficial que divulgou logo após o primeiro turno. Na ocasião, não declarou apoio a nenhum dos postulantes ao Palácio do Planalto e disse apenas que vai "aplaudir" aquele que seguir determinados critérios, como a defesa da democracia e a manutenção de reformas realizadas em seu governo.