Estácio tem lucro líquido de R$157 mi no 3º trimestre

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A empresa de educação Estácio teve lucro líquido de 157 milhões de reais no terceiro trimestre, alta de 18 por cento sobre um ano antes, e acima das previsões. A previsão média de analistas consultados pela Reuters era de lucro de 142,8 milhões de reais. O resultado operacional medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), subiu 23,3 por cento ano a ano e encerrou o trimestre em 202,2 milhões de reais. No trimestre, a base de alunos de graduação presencial subiu 13,6 por cento, com avanço de 2,8 por cento da mensalidade média. No ensino a distância, a base, também de graduação subiu 8,5 por cento, mas a mensalidade média caiu 3,1 por cento. A receita líquida subiu 16 por cento ano a ano, para 724,6 milhões de reais. A despesa comercial, geral e administrativa subiu 15,1 por cento. A provisão para devedores duvidosos subiu 62,6 por cento, a 18,7 milhões de reais. Para o próximo ciclo de captação, a Estácio citou estratégias como desenvolvimento de produtos híbridos, com preços diferenciados, gestão de custos e despesas. A empresa também mencionou "melhoria sensível nos processos de concessão de crédito, campanhas, cobrança e arrecadação". "Reconhecemos que 2015 não vem sendo um ano fácil para ninguém e acreditamos que o nível de desafio em 2016 não será menor", disse a empresa, em seu relatório de resultados. (Por Juliana Schincariol)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos