Estádio de final de Champions vira hospital com até 2 mil leitos para ajudar na luta contra COVID-19

Acostumado a receber grandes públicos para jogos de rúgbi e futebol, o Millennium Stadium (ou Principality Stadium por questões comerciais) receberá um público diferente do habitual. A casa da seleção do País de Gales se tornará um hospital para ajudar no combate ao coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Sede da final da Liga dos Campeões em 2017, o palco de até 74.500 espectadores receberá 2 mil leitos. O Reino Unido tem sido bastante afetado e, até o momento, mais de 17 mil pessoas testaram positivo e o número de mortos ultrapassa mil.

- Disponibilizamos todo o Principality Stadium para uso nos requisitos do Serviço Nacional de Saúde, incluindo áreas de hospitalidade e uma variedade de salas e instalações adicionais. É um privilégio poder oferecer nossos serviços, instalações e um número significativo de pessoal operacional para ajudar neste momento de emergência nacional - disse Martyn Phillips, CEO da administradora do estádio.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.