Estátua da Havan é destruída por incêndio no interior de SP

O Globo* e

SÃO PAULO. Uma estátua símbolo das lojas Havan foi destrúida na manhã desta terça-feira em um incêndio em São Carlos, interior de São Paulo. A réplica da Estátua da Liberdade, de Nova York, é a marca da rede de roupas. Ninguém ficou ferido.

Luciano Hang, empresário dono da Havan, afirmou que foi um ato de "terrorismo", afirmando que o fogo foi criminoso e foi um "ataque contra a democracia brasileira". "Querem nos calar, não tem proposta, não tem argumentos, e aí partem para a ignorância, para o ataque físico, para colocar fogo na propriedade privada", afirmou ele em vídeo postado na rede social.

Hang é considerado um dos empresários mais ativos nas redes sociais, por suas posições políticas. Conservador, é um grande apoiador do presente Jair Bolsonaro. No fim de semana, viveu uma polêmica ao pagar uma propaganda nas praias cariocas chamando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de "cachaceiro".

A Secretaria da Segurança Pública afirmou que a representante da loja foi ouvida pela Polícia Civil. A equipe aguarda o resultado dos laudos e busca por informações que auxiliem a esclarecer os fatos.

*Com informações do G1.