Estátua gigantesca da cabeçada de Zidane voltará a ser exibida no Catar, como parte dos preparativos para a Copa

Uma estátua que imortaliza a famosa cabeçada de Zinedine Zidane em Marco Materazzi na final da Copa do Mundo de 2006, que havia sido retirada da avenida à beira-mar de Doha em 2013, voltará a ser exibida, agora no novo Museu do Esporte do país, anunciou um responsável nesta segunda-feira.

A estátua de bronze, com mais de cinco metros de altura e pesando várias toneladas, é obra do artista argelino Adel Abdessemed e havia sido comprada pela Autoridade de Museus do Catar, como parte dos preparativos para a Copa do Mundo de 2022, que acontecerá entre 21 de novembro a 18 de dezembro deste ano.

Foi removida menos de um mês após sua instalação à beira-mar no centro de Doha, após protestos denunciando que ela promovia a idolatria, o que não é permitido pelo Islã.

"Tivemos a impressão de que não era um bom lugar e ela vai ser reinstalada. Pensamos em fazê-lo no Museu 3-2-1", que abriu no fim de março, disse o presidente dos museus do Catar, Cheikha Al Mayassa Al Thani, sem dar nenhuma data específica: "Com a escultura de Zinedine Zidane, falaremos sobre o estresse dos atletas durante os grandes torneios e a importância de falar sobre questões de saúde mental".

O calendário cultural do emirado inclui, entre outros, uma exposição dedicada ao futebol no Museu do Esporte a partir de outubro. O Museu de Artes Islâmicas, reformado, deve reabrir suas portas em outubro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos