Estabelecimentos poderão funcionar até meia-noite a partir de 1º de agosto em SP

·2 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, 28.07.2021 - COMÉRCIO-SP: Movimentação de pessoas pelos comércios na região do Largo 13, zona sul da capital paulista, nesta quarta-feira. O Pix vem sendo muito utilizado pelos consumidores como forma de pagamento rápido e prático. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 28.07.2021 - COMÉRCIO-SP: Movimentação de pessoas pelos comércios na região do Largo 13, zona sul da capital paulista, nesta quarta-feira. O Pix vem sendo muito utilizado pelos consumidores como forma de pagamento rápido e prático. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta-feira (28) que haverá flexibilização do horário de funcionamento de comércios e limite de ocupação a partir de 1º de agosto em São Paulo.

Segundo Doria, o limite, hoje às 23h, será estendido até a meia-noite. A capacidade de ocupação passará dos atuais 60% para 80%.

As medidas valerão de 1º até 16 de agosto.

A partir do início do próximo mês, também não haverá mais toque de restrição na madrugada.

A partir de 17 de agosto, um dia após todos os adultos serem vacinados em sua primeira dose, Doria anunciou que não haverá mais limites de ocupação ou de horário.

O governador disse vida está voltando ao normal, mas pediu para a população continuar se prevenindo ao usar máscaras e álcool em gel.

Patrícia Ellen, secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, também defendeu a medida. "Muitos países do mundo não deram esse passo de retomada com tanta gente vacinada como nós estamos fazendo agora", disse.

Patrícia Ellen diz que é obrigatório haver o distanciamento de apenas um metro, uso de máscaras e demais respeito aos protocolos.

A partir de 1º de agosto, todos os parques estaduais voltam ao horário de funcionamento normal.

Segundo o governo, eventos que gerem aglomerações (casas noturnas, shows de médio e grande porte, competições esportivas com público) continuam proibidos "com possibilidade de reabertura condicionada aos resultados de eventos modelo sob supervisão das autoridades de saúde e averiguação pelo Centro de Contingência do coronavírus".

O governo também mantém a recomendação de escalonamento de horários de entrada e saída para setores de comércio, serviços e indústrias. "Também seguem liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, sob rígido cumprimento de protocolos de higiene e distanciamento social", diz nota do governo.

*

VEJA COMO FICA O PLANO SP

1º a 16 de agosto

- Comércio, serviços, restaurantes, salão de cabeleireiro, atividades culturas e academias de esporte - atendimento presencial das 6h às 24h e 80% da capacidade

- Shoppings, comércio e restaurantes - acesso até as 23h

- Atividades religiosas - permitidas

- Eventos que gerem aglomerações (casas noturnas, shows de médio e grande porte, competições esportivas com público) - proibidos com possibilidade de reabertura condicionada ao resultado de eventos modelo sob supervisão

- Protocolos de segurança - uso de máscaras e distanciamento de 1 metro continuam obrigatórios

A partir de 17 de agosto

- Comércio, serviços, restaurantes, salão de cabeleireiro, atividades culturas e academias de esporte - ocupação de 100% e sem restrições de horário

- Protocolos de segurança - Permanece obrigatoriedade do uso de máscara e distanciamento de 1 metro

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos