"Estado da União": Albânia e Macedónia do Norte rumo à União Europeia

"Estado da União": Albânia e Macedónia do Norte rumo à União Europeia

Na Macedónia do Norte e na Albânia, abriram-se garrafas de champanhe esta semana, politicamente falando.

Os dois países dos Balcãs Ocidentais deram mais um passo rumo ao objetivo de longo prazo de se tornarem membros da União Europeia, porque se iniciou o processo oficial de negociação, algo que os candidatos aguardavam há décadas.

A razão para as negociações de adesão começarem agora é que se removeram, recentemente, alguns obstáculos legais cruciais e, como a presidente da Comissão Europeia enfatizou, os dois países esforçaram-se muito para estar à altura dos padrões da União Europeia.

O assunto está em destaque nesta edição do programa sobre a atualidade europeia "Estado da União."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos