"Estado da União": Rússia exibe músculo militar

"Estado da União": Rússia exibe músculo militar

Esta semana, a Rússia mostrou a sua força militar não na Ucrânia, mas na Praça Vermelha de Moscovo.

Uma enorme parada militar serviu para assinalar a vitória soviética de 1945 sobre a Alemanha nazi.

Ao exibir o orgulho russo com o triunfo na Segunda Guerra Mundial, Vladimir Putin tentou mobilizar o apoio público para a invasão na Ucrânia, onde as forças russas estão atoladas num impasse militar.

O presidente russo culpou o Ocidente e a Ucrânia pela guerra, especialmente por causa do contínuo apoio militar que os EUA e a Europa estão dar aos ucranianos.

Ao mesmo tempo, enquanto a União Europeia celebrava o Dia da Europa, a Ucrânia fazia pressão por uma rápida adesão à União Europeia.

Mas alguns pesos pesados do bloco comunitário, como França, têm outras ideias sobre uma arquitetura política pós-guerra.

O assunto está em destaque nesta edição do programa "Estado da União."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos