Estado Islâmico assume autoria de ataque a tiros na Champs-Élysées

Da Agência EFE

O tiroteio na Champs Élyssés deixou um policial morto e dois feridosAgência Lusa/EPA/Ian Langsdon/Direitos Reservados

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque a tiros na Avenida Champs-Élysées, em Paris, que causou hoje (20) a morte de um policial e feriu outros dois. As informações são da Agência EFE.

Em um breve comunicado divulgado na internet pela agência de notícias Amaq, ligada à organização jihadista, os extremistas informaram que o autor dos disparos que mataram o policial foi "um dos combatentes do Estado Islâmico", identificado como "Abu Youssef, o belga".

Segundo a polícia francesa, o homem que assassinou o policial foi morto por agentes.