Ex-governador mexicano é preso na Itália acusado de ligação com narcotráfico

México, 9 abr (EFE).- O ex-governador de Tamaulipas (México), Tomás Yarrington, acusado de crime organizado, entre outros crimes, foi preso no domingo, na Itália, de acordo com informações de promotores mexicanos.

Através de um comunicado, a Procuradoria Geral da República (PGR) afirmou que localizaram e prenderam o ex-governador, graças à colaboração das autoridades italianas.

Yarrington, governador de Tamaulipas entre os anos de 1999 e 2004, é acusado de favorecer o funcionamento do Cartel do Golfo e Los Zetas no transporte de drogas para os Estados Unidos.

A PGR tinha um mandado de prisão contra ele desde 2012, por crime organizado, lavagem de dinheiro, entre outros.

"A prisão só foi possível por causa do alerta vermelho (mandado de prisão) solicitado à Interpol", afirmou.

A previsão é que Yarrington seja repatriado nos próximos dias para o México, em coordenação com as autoridades italianas.

Em novembro do ano passado, a PGR ofereceu uma recompensa de US$ 803 mil para quem desse alguma informação que levasse a prisão do ex-governador. EFE