Estado Islâmico reivindica atentado de Londres

O grupo Estado Islâmico reivindicou através de sua agência de propaganda Amaq o atentado de quarta-feira, em Londres em que morreram três pessoas, além do agressor e 40 ficaram feridas. Em discurso no Parlamento, a primeira-ministra Theresa May disse que os britânicos 'não hesitarão diante do terrorismo' e declarou: 'não temos medo'.