Estado Islâmico sequestra e mata sete pessoas no Afeganistão

KANDAHAR (Reuters) - Militantes do Estado Islâmico sequestraram e mataram sete pessoas, incluindo três mulheres, no sul do Afeganistão, disse neste domingo uma autoridade policial, em meio a pesados conflitos na região entre o grupo e insurgentes talibãs. Grupos associados ao Estado Islâmico fizeram incursões crescentes no Afeganistão nos últimos anos, atraindo combatentes e apoio. Ghulam Jilani Farahi, vice-chefe de polícia em Zabul, disse que a polícia encontrou as vítimas, que foram sequestradas em 1 de outubro, no distrito de Gelan da província de Ghazni. (Reportagem de Ismail Sameem, Mirwais Harooni e Aimal Yaqubi)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos