Estado paga a policiais premiação atrasada do sistema de metas

Carolina Heringer
·1 minuto de leitura
Foto: Reprodução

O governo do Estado vai pagar a policiais civis e militares a premiação por produtividade atrasada referente a dois semestres - o segundo de 2018 e o primeiro de 2019. A bonificação faz parte do Sistema de Metas e Acompanhamento de Resultados. O valor total a ser pago pela premiação é R$ 22,8 milhões.

De acordo com informações do governo do estado, a ordem bancária foi feita nesta quarta-feira e o dinheiro estará na conta dos policiais premiados em uma semana. Uma cerimônia de premiação deve acontecer no dia 15 de janeiro.

As gratificações variam de R$ 700 a R$ 3.000. Os três primeiros colocados do segundo semestre de 2018 por produtividade foram as Áreas Integradas de Segurança (AISPs) 34 (Magé e Guapimirim), 21 (São João de Meriti) e 17 (Ilha do Governador e Cidade Universitária). No primeiro semestre de 2019, foram as AISPs 27 (Paciência, Santa Cruz, Guaratiba, Pedra de Guaratiba e Sepetiba), 37 (Resende, Itatiaia, Porto Real e Quatis) e 34 (Magé e Guapimirim).

Desde o início da crise econômica no estado do Rio, em 2016, o pagamento das premiações do sistema de metas sofrem constantes atrasos.

- Esse recurso vem de um esforço coordenado do Governo, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão, para otimizar o orçamento da folha de pagamento das polícias, possibilitando o pagamento da premiação, que estava atrasado - afirmou o governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.