Estado do Rio poderá pagar adicional por formação acadêmica a agentes de segurança pública

·1 minuto de leitura

Agentes de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro poderão ganhar um adicional na remuneração por formação acadêmica. Uma nova lei sancionada pelo governador Cláudio Castro, publicada nesta segunda-feira (27 de setembro) em Diário Oficial, autoriza o governo a implantar o Programa de Adicional Universitário ou Técnico Profissional para os servidores da área. A ideia é incentivar os profissionais a estudarem, melhorar a prestação de serviços à população e valorizar a atividade policial.

De acordo com o texto, o pagamento do adicional dependerá da apresentação de um estudo de impacto orçamentáruo e financeiro sobre os cofres do Estado. A lei ainda será regulamentada pelo Poder Executivo.

– Nossa luta continua para que o governo estadual dê celeridade e resolva as pendências para regulamentar o quanto antes a lei – diz o deputado Filippe Poubel (PSL), autor do projeto que deu origem à norma.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos