Estado do Rio tem 6.564 oportunidades abertas no mercado de trabalho. Saiba como se candidatar

Os moradores do Estado do Rio contam, nesta semana, com 6.564 chances de ingresso e recolocação no mercado de trabalho. São 3.768 oportunidades de emprego, e 2.796 de estágio e aprendiz.

A Secretaria municipal de Trabalho e Renda (SMTE) reúne 637 postos abertos para todos os níveis de escolaridade. Quem tem o ensino fundamental incompleto, por exemplo, pode concorrer às vagas de borracheiro, passadeira, ajudante de carga e descarga etc. Com o mesmo nível, só que completo, é possível se posicionar como ajudante de obras, auxiliar de limpeza e outros cargos. O nível médio completo é pedido para os postos de chefe de cozinha, auxiliar administrativo, operador de caixa e mais. A faixa salarial é de R$ 900 a R$ 3.674.

— Há mais de 500 vagas que não necessitam de nenhum tipo de curso superior ou técnico. Os interessados devem, preferencialmente, preencher este formulário online, mas também podem enviar o currículo para o e-mail trabalho.smte@gmail.com pois fazemos muitos eventos para facilitar a apresentação dos inscritos — informa o secretário de Trabalho e Renda, Alexandre Arraes.

Para se candidatar às vagas também é possível comparecer a um dos Centros Municipais de Emprego, que ficam na Tijuca (Rua Camaragibe 25), Jacarepaguá (Avenida Geremário Dantas 1.400, sala 172), Ilha do Governador (Estrada do Dendê 2.080), Campo Grande (Rua Coxilha s/nº) e Santa Cruz (Rua Lopes de Moura 58).

Do total, 314 vagas são para trabalhadores com deficiência (PCDs): auxiliar de cozinha, auxiliar de limpeza, empacotador, fiscal de loja, porteiro, maqueiro e mais. Nestes casos, é preciso enviar o currículo para o e-mail vagaspcd.smte@gmail.com ou comparecer no posto de trabalho com atendimento para esses profissionais no Ciad Mestre Candeia (Avenida Presidente Vargas 1.997).

A Secretaria estadual de Trabalho e Renda (Setrab) reúne 982 vagas para concorrência geral, sendo 630 na Região Metropolitana. Entre as remunerações informadas, a máxima é de quatro salários mínimos, para o cargo de farmacêutico. Há ainda 247 postos para pessoas com deficiência. Os interessados precisam se inscrever na plataforma Sine, comparecendo a uma unidade e levando documentos de identificação civil, carteira de trabalho, PIS/Pasep/NIT/NIS e CPF. Os endereços estão aqui.

A ONG Gerando Vidas conta com 2.149 oportunidades, sendo 1366 efetivas e 783 temporárias extra-Natal. Os destaques são: auxiliar de loja (400), atendente de lanchonete (125), auxiliar de limpeza, recepcionista e conferente. As inscrições acontecem no gerandovidas.com.br.

Para quem estuda

O Centro Integração Empresa-Escola (CIEE) tem 2.566 vagas. Destas, 1.456 são vagas de estágio para quem cursa ensino superior. As oportunidades são para cursos como Administração, Design, Letras, Marketing e outros. Para quem cursa ensino médio e técnico, há 1.110 vagas de Aprendiz e estágio. Pessoas com deficiência devem enviar currículo para programapcd@cieerj.org.br.

A Fundação Mudes oferece 230 vagas de estágio, nos níveis superior, médio e técnico, com bolsas que podem chegar a R$ 2mil. As carreiras do ensino superior com o maior número de vagas são: Administração (75), Engenharia (59) e Comunicação Social (40). Para se candidatar, basta acessar este site.