Estado de SP registra 679 mortes por Covid em 24 horas, maior número desde o início da pandemia

O Globo
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO - O estado de São Paulo registrou nesta terça-feira o maior pico de mortes em 24 horas em decorrência da Covid-19. Entre segunda-feira e hoje, foram contabilizados 679 óbitos, o maior para o período já registrado desde o início da pandemia. Ontem eram 64.223 óbitos. Hoje, são 64.902, segundo informações do G1. A maior quantidade de mortes até então havia sido registrada na última sexta-feira (12), com 521 registros.

O número não significa que as mortes ocorreram em 24 horas necessariamente, mas é quando entrou no sistema de registro. Hoje, o número de pacientes internados em leitos de UTI reservados para Covid-19 já é 64% maior do que o do pico da primeira onda, em junho do ano passado. Hoje, a Grande SP tem 90% de taxa de ocupação hospitalar. Em todo o estado, 88% das vagas de terapia intensiva estão ocupadas. Vacinação: País compra 545 milhões de doses, mas vacinação de prioritários só termina no fim de junho

Os dados da Covid seguem em crescimento exponencial mesmo com as medidas mais rígidas de distanciamento social. Há 10 dias, todo o estado estava na fase vermelha de contenção da pandemia. Desde ontem, o estado passou a ser classificado na chamada fase emergencial, ainda mais rigorosa. Estão permitidos, basicamente, serviços essenciais, como alimentação e saúde, mas reflexos das medidas só devem ser percebidos nos números em aproximadamente 15 dias, segundo autoridades de saúde.

Ontem, o coordenador executivo do Centro de Contingência, João Gabbardo, disse em coletiva de imprensa que os números "infelizmente não apontam nenhuma tendência de queda".Leia mais: Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil sobe para 1,23, diz Imperial College

Na tentativa de realocar pacientes, ao menos 15 hospitais da rede privada solicitaram leitos de UTI e enfermaria à prefeitura paulista para pacientes infectados pelo coronavírus. Entre os hospitais, estão Albert Sabin, Nove de Julho, Edmundo Vasconcelos, Nossa Senhora de Lourdes, Igesp, São Camilo, Nipo Brasileiro e Santa Paula.