Estado de SP registra aumento de homicídios e diminuição de roubos

ALFREDO HENRIQUE
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O número de pessoas vítimas de assassinatos no estado de São Paulo aumentou em 6%, quando comparados os 2.596 casos registrados entre janeiro e novembro do ano passado com os 2.751 do mesmo período deste ano. Os dados são da SSP (Secretaria da Segurança Pública), gestão João Doria (PSDB). Já a quantidade de vítimas de latrocínios (roubos com morte) tiveram neste ano os mesmo 173 casos de janeiro a novembro de 2019. Roubos em geral registraram queda de 19%, de 12.374 para 10.029. Os de veículos também seguiram a mesma tendência e caíram de 41.968 para 28.271 (-32%). Os de carga diminuíram de 6.558 para 5.219 (-20,4%); furtos em geral caíram de 483.263 para 347.363 (-26%) e furtos de veículos tiveram redução de 28,3%, quando comparados os 84.194 casos de 2019 com os 60.351 deste ano. A capital paulista também registrou, entre janeiro e novembro, um leve aumento de 0,9% no número de pessoas vítimas de homicídio doloso (com intenção), subindo de 629 para 635. Da mesma forma que no estado, a cidade registrou queda nos roubos em geral (-9,8%); roubos de veículos (-35,4%); roubos de carga (-22,5%); furtos em geral (-28,2%) e furtos de veículos (-28,3%). Os latrocínios caíram na capital 13,8%, quando comparados os 51 casos entre janeiro e novembro de 2019 com os 44 do mesmo período de 2020.