Estado de SP vai liberar uso de máscaras em locais abertos a partir de 11 de dezembro

·1 min de leitura

SÃO PAULO — A partir de 11 de dezembro, o uso de máscaras será dispensado em ambientes abertos sem aglomeração no estado de São Paulo. A decisão foi anunciada em coletiva de imprensa nesta quarta-feira no Palácio dos Bandeirantes.

— A partir dessa data nao será mais obrigatório o uso de máscaras no estado ao ar livre, mas continuará obrigatório nas áreas internas e para as estações e centrais de transporte público no estado, mesmo que a céu aberto. Obviamente em trens, ônibus e serviços de transporte coletivo a obrigatoriedade permanece — disse o governador de São Paulo, João Doria.

A medida valerá para locais como parques e ruas, que permitem distanciamento entre as pessoas.

As máscaras continuarão obrigatórias em locais abertos com aglomeração e em locais fechados. Ainda não há previsão de quando poderá ocorrer dispensa do item de precaução nestes casos.

A liberação do uso de máscaras em locais abertos já era ensaiada há algumas semanas. Dependia, porém, da melhora dos indicadores de casos, internações e mortes por Covid. Segundo Doria, internações e mortes já tiveram uma queda de 90% em relação ao pico da pandemia.

Outro critério para a dispensa das máscaras ao ar livre adotado pelo Comitê Científico que assessora o governo do estado na gestão da pandemia era que ao menos 75% da população do estado estivesse com esquema vacinal completo. Hoje, esse índice é de 74,5.

A expectativa do governo é chegar a 75% ainda nesta quarta, e a 80% até o final de novembro. O número de faltosos da segunda dose, porém, ainda é alto. Estima-se que cerca de 4,5 milhões de pessoas ainda não tenham retornado aos postos de saúde para completar o esquema vacinal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos