Estados Unidos levantam sanções contra sobrinho da mulher de Maduro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os Estados Unidos levantaram as sanções contra um sobrinho da mulher do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, semanas depois que Washington anunciou que tomava medidas para incentivar o diálogo do governo da Venezuela com a oposição, anunciou nesta sexta-feira o Departamento do Tesouro americano.

Carlos Erik Malpica Flores havia sido incluído em uma lista negra de sanções em 2017, por suposto vínculo com atos de corrupção. Segundo a imprensa, ele tem 49 anos e ocupou três dos cargos financeiros mais importantes da Venezuela: tesoureiro nacional, diretor financeiro da petroleira estatal PDVSA e diretor do Banco de Desenvolvimento da Venezuela. Também trabalhou na chancelaria, no Parlamento e na secretaria da presidência.

Gerardo Blyde, membro da Plataforma Unitária, afirmou em um tuíte nesta sexta-feira que esta aliança política opositora "trabalhou estreitamente com os Estados Unidos em ações específicas, que têm como finalidade reativar o processo de negociação, conforme o Memorando de Entendimento assinado na Cidade do México, em busca de soluções para a grave crise que afeta o povo venezuelano".

jul-sct-erl/rsr/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos