Estados Unidos registram onda de calor, e temperaturas passam dos 40º C

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Os Estados Unidos tiveram recorde de calor esse fim de semana. Em cidades do Texas, Arizona e Califórnia as temperaturas ficaram em torno dos 50ºC, segundo o jornal norte-americano The Washington Post. Em Vale da Morte, na Califórnia, foram registrados 50º C no último sábado (11). Cerca de 60 milhões de americanos ficaram alertados sobre o calor excessivo.

Em Phoenix, no Arizona, os termômetros bateram os 45º C no fim de semana, e o Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos descreveu o calor como "extremo". Mesmo à noite, a cidade chegou a registrar 37º C.

"As temperaturas noturnas são as mais perigosas, pois seu corpo depende de temperaturas mais baixas enquanto dorme para se recuperar", disse o órgão. "Sem esse resfriamento, seu corpo fica menos equipado para lidar com o calor escaldante do dia, levando ao aumento da incidência de exaustão pelo calor ou insolação".

Já em Texas, a temperatura chegou aos 42º C e igualou ao recorde de 1956. As cidades do estado seguiram a mesma tendência e tiveram dias quentes: em Abilene, os termômetros registraram 41º C, em Lubbock, San Antonio e Austin, 40º C, em Dallas, a temperatura ficou em 39º C, e, por fim, Houston chegou a registrar 37º C.

Três cidades chegaram perto de recorde histórico, mesmo ficando abaixo dos 40º C. Em Grand Junction, no estado de Colorado, a marca dos 37º C ficou igual ao registrado em 1981. Em Reno, Nevada, os 35º C de temperatura empataram com a máxima de 1918. Em Flagstaff, no Arizona, os 30º C se igualou com o que foi registrado em 1910.

Os estados de Texas e Oklahoma, o noroeste de Louisiana e oeste de Arkansas receberam alertas de calor. Já os estados de Novo México, Arizona, Utah, Nevada e Califórnia foram comunicados de avisos de calor excessivo.

O Serviço de Meteorologia fez algumas recomendações, como hidratação constante e protetor solar.

"O calor dos últimos dias já provou ser um grande impacto social, e possivelmente até mortal, e ainda não acabou", falou. "A segurança contra o calor será fundamental neste fim de semana, manter-se hidratado, aplicar protetor solar, verificar parentes e amigos idosos ou doentes e evitar atividades extenuantes durante as partes mais quentes do dia podem combater doenças relacionadas ao calor evitáveis".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos