Estafe de Marlon recebe proposta da Turquia e negocia rescisão de contrato com Fluminense

Próximo do fim do contrato com o Fluminense, o lateral-esquerdo Marlon pode estar de saída do clube. Isso porque o estafe do atleta negocia uma rescisão contratual com o tricolor após receber uma proposta do Ankaragücü, da Turquia. Procurado, o Fluminense ainda não se manifestou.

A informação foi divulgada inicialmente pela repórter Ana Daróz, do 'Lance!', e confirmada pelo GLOBO, que entrou em contato com o estafe de Marlon. De acordo com o grupo, não há mais interesse do Fluminense pela continuidade no lateral-esquerdo e as partes não devem renovar o vínculo após o fim do contrato, que se encerra no final de 2022. Assim, a ideia é costurar um acordo para a sua saída.

Marlon, inclusive, não se opõe a ideia de rescindir o contrato e está ciente da situação. O Fluminense detém 50% dos direitos econômicos do lateral-esquerdo e tem a venda do atleta como plano A. As partes ainda irão se reunir para decidir como será feito o acordo.

Marlon chegou no Fluminense em 2017, onde ficou até 2019. Aos 20 anos na época, o lateral não se firmou no elenco e viu a relação com a torcida se desgastar. Desta forma, ficou fora de parte dos planos de Fernando Diniz em 2019, que iniciava a primeira passagem como técnico do Tricolor.

Ainda assim, o clube optou por emprestar o jogador junto ao Boavista (POR) e Tranbzonspor (TUR). Na Europa, ele conseguiu a regularidade esperada e foi peça importante nos times em que atuou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos