'Estamos angustiados', diz sobrinha que procura tios após desabamento de paredão de rochas em Capitólio, Minas Gerais

·1 min de leitura

Desde que soube do acidente em Capitólio, Minas Gerais, na manhã deste sábado, quando um paredão de rochas de um cânion desabou sobre lanchas que levavam turistas, a costureira Alessandra Barbosa busca notícias dos tios, que estavam passando o fim de semana no local e decidiram fazer o passeio. Segundo o Corpo de Bombeiros, seis mortes foram confirmadas e há pelo menos quatro pessoas desaparecidas.

Alessandra contou que decidiu procurar a Santa Casa da cidade de Passos depois que uma prima entrou em contato e lhe contou sobre a tragédia:

— Eu liguei nos hospitais da região. Até o momento não tive nenhum tipo de informação sobre eles. Estamos angustiados, muito preocupados. A gente fica nervosa porque estamos sem informações e é família ne? Família é tudo pra nós — disse ela em entrevista ao repórter da EPTV Gustavo Oliva.

Segundo a sobrinha, os tios moram na cidade de Serrania, também em Minas, e, aposentados, estão sempre programando passeios.

*Com o G1

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos