Este vídeo exibe festa de torcida de futebol na Croácia em 2020, não vitória de Lula em 2022

Após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições presidenciais, em 30 de outubro de 2022, começou a circular um vídeo da comemoração de torcedores de um time de futebol croata como se fosse a celebração dos resultados eleitorais no Nordeste do país. Na verdade, o conteúdo, compartilhado mais de 70 mil vezes, foi publicado em outubro de 2020, no 70º aniversário da torcida do HNK Hajduk Split, na Croácia.

Que lindo a festa no Nordeste na hora da virada do Lula”, dizem as publicações, compartilhadas no Twitter, no Facebook e no TikTok, e também difundidas em espanhol.

Captura de tela feita em 31 de outubro de 2022 de uma publicação no Twitter

Em uma disputa acirrada, Lula obteve 50,9% dos votos no segundo turno das eleições presidenciais, em 30 de outubro de 2022, contra o atual presidente, Jair Bolsonaro, que teve 49,1%.

Mas o vídeo viralizado nas redes não mostra comemorações no Nordeste do país após os resultados.

Ao clicar sobre o perfil de origem do tuíte viral, “SportsCenter”, é possível identificar que o conteúdo foi publicado em 28 de outubro de 2020, e descrevia a celebração do 70º aniversário da Torcida Split, de um time de futebol na Croácia.

Capturas de tela feitas em 31 de outubro de 2022 do tuíte viral (esquerda) e do tuíte original, publicado em 2020

Uma busca reversa por trechos do vídeo viral também chegou ao mesmo resultado, mostrando o tuíte do site Sports Center de 28 de outubro de 2020, que diz, em tradução livre do espanhol: “A CIDADE ESTÁ EM CHAMAS: Torcida Split (fãs do HNK Hajduk Split da Croácia) completou 70 anos (a torcida organizada mais antiga na Europa) e decidiram festejar intensamente”.

O vídeo também foi compartilhado no canal do YouTube da Torcida Split.

A busca reversa também levou a notícias sobre a celebração do grupo em idiomas como croata, inglês e espanhol. Algumas delas mostram fotos de diferentes pontos da cidade de Split, situada na costa sul da Croácia, iluminada pelos fogos de artifício vermelhos.

O AFP Checamos verificou diversos conteúdos no período eleitoral em 2022.