Costanza Pascolato recorda paixão que a fez perder guarda das filhas

Foto: Reprodução/Globo

Costanza Pascolato, 80, fez revelações sobre seu passado durante o ‘Conversa com Bial’ desta terça-feira (12). A consultora de moda, que é uma das principais referências de estilo no Brasil, surpreendeu ao contar que perdeu a guarda das filhas após se apaixonar por outro homem e se separar do então marido, pai de suas filhas, Alessandra e Consuelo Blocker.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Segundo a profissional, os amigos ficaram escandalizadas com sua decisão, seu pai a deserdou e ela ainda perdeu o direito de ficar com as meninas. “Meus pais achavam que eu tinha perdido um pouco a cabeça. Eles queriam proteger as duas (as netas), na verdade”, lembrou Costanza.

Leia também

Alessandra, que acompanhou a mãe na entrevista, contou que não foi fácil, mas aprendeu a conviver com a situação na época. “O que a gente procurou fazer foi mostrar os três lados. O que estava acontecendo enquanto ela estava numa paixão enlouquecida, o que acontecia com a gente lá e o que a minha avó estava pensando”, afirmou.

Durante o bate-papo, Bial ainda citou livros de Costanza. Ao falar sobre a obra ‘A Elegância do Agora’, que aborda memórias da estilista e dá dicas de moda, a veterana contou que a elegância tem ligação com a ética, algo que aprendeu com seus pais. “Entre fazer uma coisa ou outra, o que tinha ética era o que meus pais diziam: escolha!”, disse.

À frente de seu tempo, a estilista de 80 anos explanou sobre as mudanças na sociedade e seu esforço para se manter sempre atualizada. “No fundo, a minha vida, o que é? A moda. E o que é a moda a não ser o retrato no espelho do comportamento de uma época? Imagina eu com 80 anos, já vivi tudo. Quer dizer, desde os anos 50 até aqui, o mundo mudou de uma maneira tão extraordinária que para você viver bem isso tudo, você tem que saber porque, porque e porque."