Estoque de sangue cai em 50% no Hospital da Posse desde início da pandemia

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Divulgação

O Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), conhecido como Hospital da Posse, pede que a população volte a doar sangue para repor o estoque, que registrou uma queda de 50% desde o início da pandemia da Covid-19. De acordo com a unidade, a diminuição das doações se agravou no período das festas de fim de ano.

Em comunicado emitido nesta segunda-feira, dia 4, o HGNI informa que, para atender a demanda, o banco de sangue precisa coletar 600 bolsas mensais, mas vem recebendo, em média, 335 doadores.

"Diariamente, a unidade, que tem perfil de trauma, atende baleados, vítimas de arma branca, acidentados e outros casos graves, que chegam de toda a Baixada Fluminense, com a maioria dos casos tendo necessidade de reposição sanguínea. A diminuição no estoque pode interferir na assistência prestada a esses pacientes", explica.

Foi disponibilizado o número (21) 97663-9352 para fazer agendamento do horário da doação de sangue, de forma a evitar aglomerações no hospital, que se compromete a tomar medidas de higienização no espaço da coleta, realizada de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30.

Podem doar pessoas entre 16 e 69 anos, que estejam bem de saúde e pesem mais de 50 quilos. É preciso levar documento original com foto. Embora não seja necessário estar em jejum, o doador não poderá ter ingerido comida gordurosa nas últimas quatro horas e ingerido bebida alcoólica no dia anterior. Menores de 16 e 17 anos precisam da autorização dos pais ou responsáveis.