Estrangeiros são proibidos de comprar imóveis em cidades do Canadá até 2025

Entrou em vigou neste domingo, dia 1º, a medida que proíbe estrangeiros de comprarem imóveis na zona urbana do Canadá até 2025. O objetivo do governo é minimizar a crise imobiliária, priorizando os cidadãos canadenses. As exceções à regra são refugiados e residentes permanentes.

A criação da medida temporária de Proibição de Compra de Propriedade Residencial por Não-Canadenses foi uma das propostas do primeiro-ministro Justin Trudeau na campanha eleitoral de 2021.

"Casas são para pessoas, não para investidores", havia dito o partido de Trudeau no painel eleitoral, citando problemas como "moradias vazias e subutilizadas, especulação desenfreada e preços disparados".

No final de 2022, o governo esclareceu que ela só vale para os imóveis em cidade, não se aplicando a propriedades recreativas, como casas de veraneio.