Estreias no cinema nesta quinta-feira (17): ‘Nada é por acaso’, ‘Kobra – Auto retrato’, ‘Bardo’ e mais

Seis novos lançamentos chegam aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (17), com opções para todos os gostos. O drama espírita "Nada é por acaso", com Giovanna Lancellotti e Rafael Cardoso, adaptação de livro de Zibia Gasparetto, é uma das principais apostas. O cinema nacional também chega com o documentário "Kobra – Auto retrato", sobre o grafiteiro Eduardo Kobra, e o drama "Aldeotas", estreia na direção de Gero Camilo. Quem estiver procurando por um filme com cara de Oscar a opção é "Bardo, falsa crônica de algumas verdades", novo trabalho do premiado diretor mexicano Alejandro González Iñárritu.

Então, é Natal: Temporada de filmes de Natal começa com estreias e canal 24 horas dedicado ao tema

“Nada é por acaso”

Adaptação de livro homônimo de Zibia Gasparetto, o filme conta a história de duas mulheres, Marina (Giovanna Lancellotti) e Maria Eugênia (Mika Guluzian), unidas por um vínculo de amizade e amor que data muito além dessa vida. O elenco conta ainda com Rafael Cardoso, Tiago Luz, Werner Schünemann e Fernando Alves Pinto. A direção é de Márcio Trigo.

“Kobra – Auto retrato”

Documentário escrito e dirigido por Lina Chamie sobre o artista plástico, grafiteiro e muralista Eduardo Kobra. O filme aborda os 35 anos de carreira do artista, que começou aos 12 anos em Campo Limpo, periferia de São Paulo, e que hoje é conhecido internacionalmente, com painéis e murais espalhados por todo o mundo. A obra mostra ainda parte de seu processo criativo, relações familiares e a luta contra a depressão.

Kobra: Tema de documentário, grafiteiro completa 35 anos de carreira e inaugura painel na ONU

“Bardo, falsa crônica de algumas verdades”

Novo projeto do diretor mexicano Alejandro González Iñárritu, vencedor do Oscar pelos trabalhos em “Birdman” e “O regresso”. Apontado como o trabalho mais autobiográfico do cineasta, o filme conta a história de um aclamado jornalista/documentarista que embarca em uma jornada para se reconciliar com seu passar e resgatar um pouco de sua identidade mexicana.

Alejandro Gonzalez Iñárritu: 'Cada país é formado por várias narrativas'

“A maldição – Despertar dos mortos”

Terror sul-coreano escrito pelo mesmo roteirista do cultuado “Invasão zumbi”. O filme foca sua atenção nos Jaechaui, seres míticos asiáticos que são cadáveres reanimados e controlados por um feiticeiro. A trama acompanha um jornalista que investiga uma série de assassinatos cometidos por mortos-vivos.

“Aldeotas”

Filme que marca a estreia na direção de Gero Camilo, que também é o protagonista ao lado de Marat Descartes. Adaptação da premiada peça homônima, o longa conta a história de dois amigos que se conhecem desde a infância, mas que passam 17 anos distanciados após um deles deixar a pequena cidade em que moram a caminho da cidade grande.

Gero Camilo: ‘Fazer Renato Aragão foi o papel mais difícil que já tive’

“Os bravos nunca se calam”

Comédia investigativa dirigida por Márcio Schoenardie. Manoela (Duda Meneghetti) e Caio (Edu Mendas) vivem dois irmãos que se reencontram para tentar desvendar a morte do pai (José Rubens Chachá), um jornalista que publicou um livro sobre um escândalo de corrupção que envolve políticos e empresários locais. Os dois se veem em meio a uma trama de conspirações e assassinatos.