Estrela de ‘Grease’ reflete sobre câncer e diz que doença foi um "presente"

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Olivia Newton-John viveu a icônica Sandy Olsson em  "Grease — Nos Tempos da Brilhantina" (reprodução)
Olivia Newton-John viveu a icônica Sandy Olsson em "Grease — Nos Tempos da Brilhantina" (reprodução)

Olivia Newton-John, lembrada como a Sandy de "Grease — Nos Tempos da Brilhantina" passou por momentos desafiadores nas últimas décadas. Diagnosticada três vezes com câncer de mama, a atriz de 72 anos passou a encarar a doença de maneira surpreendentemente positiva.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Três vezes é para dar sorte, certo?”, disse ela em entrevista ao Guardian. “Pelo menos é assim que tenho encarado isso. Olha, vejo todo dia como um presente. Você nunca sabe quando vai chegar a sua hora; nós estamos com horas contadas nesse planeta e precisamos ser gratos por isso”.

Leia também

O primeiro diagnóstico de Newton-John foi em 1991. Pouco após a morte da sua irmã mais velha, Rona, a doença voltou em 2013 e, após tratamento, reapareceu em 2017. “Isso tem sido parte da minha vida por muito tempo. Eu achei que havia alguma coisa de errada comigo", refletiu.

Ainda lutando contra a doença, ela se mostrou determinada a vencer a doença. "É muito preocupante quando a doença volta, mas decidi: ‘vou superar isso outra vez’”, falou. Newton-John ainda revelou o que a tem ajudado no combate contra o câncer: a cannabis.

“Eu estava nervoso (quanto ao uso da cannabis medicional no tratamento) no começo. Mas pude ver os benefícios assim que comecei a usá-la. Ajuda com ansiedade, ajuda com sono, ajuda com a dor", contou ela.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube