Estrela em ascensão, Hakeem Jeffries anuncia candidatura para liderar democratas da Câmara dos EUA

Parlamentar Hakeem Jeffries

Por Richard Cowan

WASHINGTON (Reuters) - O parlamentar Hakeem Jeffries lançou formalmente sua candidatura nesta sexta-feira para se tornar o líder democrata na Câmara dos Deputados, um dia depois que a presidente da Casa, Nancy Pelosi, anunciou que estava deixando o posto de liderança.

Jeffries, de 52 anos, seria o primeiro parlamentar negro a chefiar uma bancada partidária no Congresso dos EUA, representando tanto a base diversificada de eleitores do partido quanto uma nova geração de líderes.

Como líder da minoria, a principal tarefa de Jeffries será decidir quando cooperar com os republicanos para aprovar projetos de lei como o financiamento do governo e quando defender a agenda do presidente Joe Biden, também democrata.

Os republicanos assumirão o controle da Câmara em janeiro, tendo emergido com maioria nas eleições de meio de mandato de 8 de novembro.

O muitas vezes reservado Jeffries, que era conhecido pelos colegas da fraternidade universitária por seu discurso comedido, fez uma exibição mais agressiva em uma coletiva de imprensa na terça-feira.

Ele criticou o que chamou de "republicanos extremistas do Maga" assumindo o controle da Câmara --uma referência ao slogan "Make America Great Again" (torne os EUA grandes de novo, numa tradução livre), popularizado pelo ex-presidente republicano Donald Trump.

Jeffries busca seguir as realizações históricas de Pelosi, primeira mulher presidente da Câmara e primeira mulher a liderar um partido em qualquer uma das Casas do Congresso.

Se Jeffries garantir o cargo, como esperado, pode ser um trampolim para possivelmente se tornar o primeiro negro a presidir a Câmara na próxima vez que os democratas controlarem essa Casa do Congresso.

Jeffries anunciou sua candidatura em uma carta divulgada por seu gabinete, afirmando: "Escrevo para pedir humildemente seu apoio ao cargo de líder democrata da Câmara, conforme mais uma vez nos preparamos para enfrentar a situação".

Nenhum desafiante surgiu contra Jeffries até o momento.

Jeffries atende à demanda de muitos democratas da Câmara de que sangue mais jovem substitua Pelosi, de 82 anos, que ocupou a liderança nas últimas duas décadas.

Pelosi prontamente emitiu uma declaração em apoio a Jeffries e dois outros democratas que buscam posições de liderança.

A deputada Katherine Clark, uma progressista, está concorrendo para ser a número 2 dos democratas na Câmara e esperava-se que o deputado moderado Pete Aguilar busque o cargo de chairman do caucus democrata, que Jeffries ocupa atualmente.