Estrela do K-pop, Goo Hara é encontrada morta em sua casa, aos 28 anos

RIO — A estrela do K-pop Goo Hara, de 28 anos, foi encontrada morta em casa, em Seul, na Coreia do Sul, por volta das 18h no horário local (6h da manhã no horário de Brasília).

Segundo a Polícia de Gangnam, a ex-integrante do grupo Kara, no qual estreou em 2008, não estava mais respirando quando foi encontrada inconsciente em sua residência, localizada no distrito de Cheongdam. As autoridades suspeitam que a artista tenha cometido suicídio.

Em maio deste ano, a também atriz já havia sido hospitalizada após tentar tirar a própria vida através de intoxicação por monóxido de carbono, mesmo método utilizado pelo cantor Jonghyun, do SHINee, morto em dezembro de 2017. Após o ocorrido, Hara se desculpou publicamente com seus fãs, admitindo que sofria de depressão.

Hara também era melhor amiga da cantora Sulli, encontrada morta no dia 14 de outubro deste ano. Assim como Sulli, a ex-Kara era alvo constante de ataques nas redes sociais, especialmente depois de trazer à tona, no fim do ano passado, ter sido vítima de assédio e agressão por parte de um ex-namorado.

Em um comunicado, a agência que cuidava da carreira no Japão de Hara, a Production Ogi, declarou que "não há nada que possamos dizer oficialmente" e que "há planos do funeral da cantora ser privado".

A Coreia do Sul tem uma das maiores taxas de suicídio do mundo, que, segundo dados recentes do governo, está entre as principais causas de morte de pessoas com menos de 40 anos.