Estudante de Design faz arte em paredes de casas e lojas

Jacqueline Costa
·1 minuto de leitura

RIO — Para a estudante de Design Gráfico Thais Ribeiro, uma parede em branco é como uma folha de papel. Ela pode pintar à vontade e criar de elementos da natureza a formas geométricas e mandalas, que são quase como uma marca registrada dessa moradora do Andaraí, de 25 anos. Na pandemia, seus trabalhos ganharam elogios e muitos compartilhamentos nas redes sociais, principalmente no Instagram (@thaisribeiroart), o que resultou numa agenda cheia:

—No início do isolamento, cheguei a pensar que eu não conseguiria mais trabalhar com o que faço, mas aconteceu o contrário do que pensei. Como as pessoas estão ficando mais tempo em casa, elas começaram a olhar com mais carinho para os seus espaços. Por outro lado, como muitos estabelecimentos tiveram que fechar por determinados períodos, eles aproveitaram para fazer reformas também.

Thais conta que sempre desenhou e que se via trabalhando no ramo, mas que teve que atuar em outras áreas antes de poder se dedicar a fazer apenas o que gosta:

— Durante muitos anos, trabalhei como vendedora de loja para conseguir bancar meus estudos. Foi assim que aprendi bastante a lidar com os clientes e perdi um pouco da minha timidez. E, em paralelo, ia fazendo pequenos trabalhos com artesanato, pintando mandalas em MDF.

Depois de conseguir juntar algumas economias, ela tomou coragem e começou a focar apenas em sua arte. Hoje, além de aplicar seus desenhos nas paredes, Thais também decora objetos como telas, espelhos, bancos, pôsteres, canecas, caixas e vasos de plantas.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)