Estudante esfaqueia colega dentro de escola em Cuiabá

Jovem esfaqueada precisou fazer uma cirurgia de urgência e emergência (Foto: Getty Images)
Jovem esfaqueada precisou fazer uma cirurgia de urgência e emergência (Foto: Getty Images)

Uma estudante de 19 anos foi esfaqueada por uma colega no início da noite desta terça-feira (13) dentro da escola Cesário Neto, em Cuiabá, Mato Grosso.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a vítima foi atingida por duas facadas na parte de trás do pescoço. Ela foi socorrida e encaminhada ao Pronto-Socorro e Hospital Municipal.

Ainda de acordo com a PM, informou o portal g1, a autora do crime, de 22 anos, também estuda na instituição.

A polícia foi acionada para atender uma tentativa de homicídio na escola e, ao chegar no local a jovem já recebia socorro dos professores enquanto esperava pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Quanto à suspeita da tentativa de homicídio, a Polícia Militar esclareceu que foram realizadas diversas diligências no entorno da escola para encontrá-la e foram até a casa dela, mas não a encontraram.

A estudante esfaqueada precisou fazer uma cirurgia de urgência e emergência com cirurgião geral e vascular, no Hospital Municipal de Cuiabá. Após o procedimento, a paciente foi encaminhada para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) onde segue internada.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou que ainda não se sabe a motivação do desentendimento e reforçou que as duas jovens são maiores de idade.

A pasta disse também que duas psicólogas e duas assistentes sociais estarão na unidade escolar nesta quarta-feira (14) para minimizar os impactos da ocorrência.

Confira a nota

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) informa que não corre risco de morte a estudante que foi atacada por outra aluna na noite desta terça-feira (13), na Escola Estadual Antonio Cesario Neto, em Cuiabá. Ainda não se sabe o motivo do desentendimento entre as duas estudantes, que são maiores de idade, segundo a direção da escola.

Tão logo soube dos fatos, a diretora acionou o Serviço Móvel de atendimento de Urgência (SAMU) e uma viatura da Polícia Militar. Nesse momento, a diretora Fábia Melo encontra-se na Central de Flagrantes da Polícia Judiciária Civil registrando Boletim de Ocorrências.

Na manhã desta quarta-feira (14), duas psicólogas e duas assistentes sociais da Diretoria Regional de Educação (DRE) - Polo Cuiabá - estarão na unidade escolar promovendo o acolhimento da comunidade estudantil e dos profissionais da Educação.

O Núcleo de Mediação de Conflitos da Seduc-MT também irá promover ações que minimizem esse fato lamentável.