Estudantes coreanos enfrentam prova crucial com a pressão adicional da covid

·1 min de leitura
Jovens se reúnem antes do exame de admissão às universidades em Seul (AFP/Anthony WALLACE)

Mais de meio milhão de estudantes sul-coreanos fazem nesta quinta-feira (18) uma prova crucial de admissão às universidades, entre medidas rígidas de segurança pela pandemia.

Conhecida como "Suneung", a prova de nove horas é fundamental para obter uma vaga nas universidades de maior prestígio e para uma carreira de sucesso ou, inclusive, melhora as perspectivas de casamento.

A pressão é enorme para os estudantes em um sistema ultracompetitivo como o da Coreia do Sul, apontado com frequência como um dos culpados pelo fato de o país ter uma das taxas mais elevadas do mundo de suicídio e depressão entre adolescentes.

Neste ano, a pandemia adicionou ainda mais pressão aos 509.000 inscritos. Durante as duas semanas anteriores, os alunos foram obrigados a acompanhar as aulas de maneira virtual.

E antes da prova, os alunos foram submetidos a exames de covid. Durante todo o exame devem permanecer de máscara.

Os estudantes que apresentaram resultado positivo, quase 70, farão a prova em espaços separados, especialmente em centros médicos.

Para limitar qualquer perturbação aos jovens, as autoridades adotaram medidas drásticas.

Os prédios públicos, bancos e a Bolsa abriram uma hora mais tarde para facilitar o deslocamento dos estudantes.

Os pousos e decolagens foram suspensos em todos os aeroportos sul-coreanos por 35 minutos, durante uma prova de escuta de inglês, e os demais aviões não poderiam voar abaixo de 3.000 metros.

cdl/qan/jah/nzg/mav/dbh/mas/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos