Estudantes realizam ato em defesa do Hospital Universitário da USP

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil

Estudantes de cursos de saúde da Universidade de São Paulo (USP) fizeram hoje (14) um ato em defesa do Hospital Universitário (HU). A manifestação ocorreu no campus, na zona oeste da capital paulista.

Entre as pautas, estão a defesa da saúde pública e de qualidade, mais contratações para o hospital e críticas à desvinculação do HU e ao fechamento do pronto atendimento infantil.

De acordo com um manifesto divulgado pelos estudantes, 231 funcionários do hospital aderiram ao Programa de Incentivo à Demissão Voluntária (PIDV), o que levou à falta de trabalhadores e sobrecarga daqueles que ficaram.

Os estudantes argumentam que o HU é essencial para a USP por receber 2.430 alunos todos os anos, tanto da graduação quanto da pós-graduação, vindos de sete faculdades diferentes, além de prestar atendimento à população.

Procurada pela Agência Brasil, a USP não se manifestou até a publicação desta reportagem.