Etapas de Sunset e Santa Cruz do mundial de surfe serão canceladas

Renato de Alexandrino
·1 minuto de leitura
Brent Bielmann / World Surf League

Cancelado no ano passado, o circuito mundial de surfe sofreu um novo baque. As duas próximas etapas da temporada de 2021 - marcadas para Havaí e Califórnia, nos EUA - serão canceladas por causa da pandemia do coronavírus. A World Surf League ainda não anunciou oficialmente sua decisão.

As restrições que o governo do Havaí quer impor por conta da pandemia seriam o principal entrave para a realização do Sunset Open, que está marcado para começar no próximo dia 19 em Sunset Beach. A WSL teria, então, optado por cancelar também o Santa Cruz Pro, que estava marcado de 2 a 12 de fevereiro, na praia de Steamer Lane, na cidade californiana de Santa Cruz. Estes dois campeonatos não faziam parte originalmente do calendário, mas foram adicionados ao circuito de última hora paraa WSL montar "pernas locais" e facilitar o deslocamento de atletas e organização.

A primeira etapa da temporada de 2021 foi realizada em dezembro, em Pipeline, no Havaí. No mascullino, o havaiano John John Florence derrotou Gabriel Medina na final. Entre as mulheres, o título ficou com a australiana Tyler Wright.

Os eventos de Sunset e Santa Cruz não são as primeiras baixas no circuito de 2021. As etapas de Portugal e Indonésia, que estavam inicialmente como "indefinidas", também saíram do calendário desta temporada.

Com os cancelamentos, o circuito mundial de surfe só volta a ser disputado em abril, de 1º a 11, com a etapa de Bells Beach, na Austrália. O evento no Brasil está previsto para junho, em Saquarema, e o WSL Finals, que vai decidir os campeões mundiais, está marcado para setembro, em Trestles, na Califórnia.