“Eu bebo mais de 5 litros de água por dia”: Índia vive pior onda de calor dos últimos 50 anos

Uma onda de calor sem precedentes afeta a Índia e o Paquistão, causando cortes de eletricidade e escassez de água para milhões de pessoas. Em algumas regiões os termômetros se aproximam dos 50 graus Celsius.

Com informações de Sébastien Farcis, correspondente da RFI em Nova Delhi

Há semanas a região vem enfrentando temperaturas cada vez mais elevadas. Em março, os termômetros em Nova Délhi registraram 40,1 graus Celsius, nível que não era visto nesta época do ano desde 1946. Na quinta-feira (28), a capital indiana enfrentava 46 graus, tornando cada vez mais difícil a vida dos moradores, principalmente para aqueles que têm que trabalhar ao ar livre.

“Eu bebo mais de 5 litros de água por dia. É a única coisa que posso fazer”, conta Mohammed, um operário de 50 anos que transportava, sob um sol escaldante no meio do dia, enormes peças de metal sobre os ombros. “Eu tenho que trabalhar para viver”, resume, lembrando que mora no próprio canteiro de obras. “Eu durmo aqui. Pelo menos temos um ventilador”, tenta se consolar.

Mohammed trabalha em um dos bairros mais sofisticados da capital, que assiste a uma aceleração no setor da construção civil. Mas as obras já começaram a sofrer o impacto das altas temperaturas.

“Nos últimos dias alguns operários foram embora, pois sofriam muito com o calor”, conta o mestre de obras Mohammad Yasin. “Os que ficaram têm que parar muitas vezes no dia para descansar, o que atrasa a construção”, comenta.

No Paquistão as temperaturas também estão 8 graus acima do normal em algumas regiões, chegando a 48 graus em certas áreas, de acordo com a Sociedade Meteorológica paquistanesa.


Leia mais

Leia também:
O mundo inteiro vai ter que se acostumar às ondas de calor, diz cientista
Espanha enfrenta forte onda de calor, com temperaturas superiores aos 40°C
Seca: três quartos da França enfrentam restrições de acesso à água

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos