'Eu não votei no Bolsonaro e não apoio o seu governo', diz Djavan

·1 minuto de leitura

O cantor e compositor Djaven fez um post no Instagram dizendo: "Eu não votei no Bolsonaro e não apoio o seu governo".

O artista foi duramente criticado após dizer em uma entrevista em 2019, logo após Bolsonaro assumir a presidência, que estava esperançoso com o o novo governo.

"Eu estou muito esperançoso. Eu sou uma pessoa otimista. Eu tenho uma esperança de que o Brasil vai dar certo. Tudo o que acontece agora aponta para um futuro melhor. A gente não pode garantir, porque o governo ainda não está atuando, está apenas se formando, mas estou esperançoso", declarou Djavan, numa entrevista em vídeo que viralizou.

Depois da repercussão negativa, Djavan chegou a fazer um post explicando sua posição e dizendo que era contra qualquer tipo de intolerância, a favor do desarmamento e que acreditava no futuro do país. Alguns seguidores do músico continuaram reclamando e constestaram a sua argumentação . "Amado, a gente quer que você fale explicitamente 'não apoio governo fascista de Bolsonaro'. Pronto”. O que o músico fez agora, dois anos depois.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos