EUA abre consulado 'virtual' no Saara Ocidental após reconhecer soberania marroquina

·1 minuto de leitura
(Arquivo) O secretário de Estado americano, Michael Pompeo

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (24) a criação de um posto diplomático "virtual" no Saara Ocidental, depois de reconhecer a soberania marroquina sobre esse território em disputa, enquanto aguardam a instalação de um consulado real.

O presidente Donald Trump surpreendeu no início de dezembro ao anunciar o reconhecimento como território marroquino do Saara Ocidental, região desértica reivindicada pelos combatentes pró-independência da Frente Polisário, apoiada pela Argélia.

Trata-se de uma contrapartida da normalização das relações entre Marrocos e Israel.

Jared Kushner, genro e assessor do presidente dos EUA, viajou na terça-feira com uma delegação israelense a bordo do primeiro voo direto entre Israel e Marrocos, onde assinou uma declaração que inclui a abertura de um consulado americano em Dakhla, cidade ao sul do Saara Ocidental.

"Tenho o prazer de anunciar o início do processo para estabelecer um consulado dos EUA no Saara Ocidental e a inauguração de um escritório virtual imediatamente", escreveu no Twitter o chefe da diplomacia dos EUA, Mike Pompeo, nesta quinta.

"Esperamos promover o desenvolvimento econômico e social, e envolver as pessoas desta região", acrescentou. O escritório virtual dependerá da embaixada americana em Rabat.

fff/cjc/yo/gma/ic/mvv