EUA alerta para 'ameaça específica e plausível' perto do aeroporto de Cabul

·1 minuto de leitura
Afegãos fazem fila na entrada principal do aeroporto de Cabul na esperança de deixar o Afeganistão, em 28 de agosto de 2021 (AFP/WAKIL KOHSAR)

Os Estados Unidos alertaram neste sábado (28) para uma "ameaça específica e plausível" perto do aeroporto de Cabul e urgiram seus cidadãos a deixarem a área, dias depois do atentado mortal contra uma multidão que fugiam do Afeganistão, depois que os talibãs tomaram o poder do país.

Uma série de alertas para risco de ataques terroristas apressaram os esforços de retirada supervisionados pelas forças americanas, que têm sido forçadas a estabelecer uma cooperação de segurança mais estreita com o Talibã para evitar que se repita a carnificina de quinta-feira em um dos principais portões de acesso ao aeroporto.

"Devido a uma ameaça específica e plausível, todos os cidadãos americanos nos arredores do aeroporto de Cabul devem deixar a área do aeroporto imediatamente", informou em um alerta de segurança a embaixada americana em Cabul.

Neste alerta, a embaixada destacou a ameaça ao "portão sul (do aeroporto), ao novo Ministério do Interior e ao portão perto do posto Panjshir Petrol, no setor noroeste do aeroporto".

Mais cedo neste sábado, o presidente americano, Joe Biden, tinha alertado que seus comandantes militares acreditavam que um novo ataque poderia ocorrer "nas próximas 24 a 36 horas", e qualificou a situação como "extremamente perigosa".

Mais de cem pessoas morreram, entre elas 13 militares americanos, no atentado suicida de quinta-feira, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico no Khorasan, braço afegão do EI.

bur-jm/gle/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos