Díaz-Canel recebe Nicolás Maduro no Palácio da Revolução em Cuba

Havana, 21 abr (EFE).- O novo presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, recebeu neste sábado, no Palácio da Revolução de Havana, seu colega venezuelano Nicolás Maduro, o primeiro chefe de Estado a visitar a ilha após a mudança presidenciaal ocorrida nesta semana no país.

Maduro, que aterrissou em Havana na noite de sexta-feira, viajou para a ilha para felicitar Díaz-Canel pela designação à frente da ilha, ratificar a aliança entre ambos países e saudar o presidente em fim de mandato Raúl Castro.

Após a homenagem ao herói independentista cubano José Martí, Díaz-Canel recebeu Nicolas Maduro, que estava acompanhado pelo chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, e pelo vice-presidente para o Desenvolvimento Social e ministro de Educação, Elías Jaua.

Em declarações a veículos de imprensa oficiais antes de se reunir com o cubano, Maduro destacou que Cuba e Venezuela "têm todas as potencialidades para continuar colaborando e a cooperando em diversas matérias a favor do desenvolvimento dos povos da América Latina e do Caribe".

Dois dias depois de se transformar no novo presidente da ilha, este foi o primeiro ato oficial de Díaz-Canel no início do seu mandato.

Não é por acaso que a primeira visita de um chefe de Estado a Cuba tenha sido a de Maduro, já que a Venezuela é o principal parceiro político e aliado da ilha comunista.

Cuba e Venezuela são estreitos aliados políticos e também na área econômica, na qual o país sul-americano é o principal fornecedor de petróleo à ilha mediante um convênio a preços preferenciais em troca de serviços profissionais, principalmente de médicos e professores. EFE

sam-yg/ff

(foto) (vídeo)