EUA aprova vacinação contra covid-19 de bebês a partir de 6 meses

Jovem de 12 anos recebe vacina contra covid-19 nos EUA. (Foto: Pedro Portal/Miami Herald/Tribune News Service via Getty Images)
Jovem de 12 anos recebe vacina contra covid-19 nos EUA. (Foto: Pedro Portal/Miami Herald/Tribune News Service via Getty Images)
  • Decisão deve passar ainda por outra comissão

  • Se aprovada, vacinação começa na próxima semana nos EUA

  • Hoje, crianças a partir de 5 anos podem ser imunizadas contra covid no país

A agência de saúde dos Estados Unidos, a FDA, autorizou que bebês a partir de seis meses recebam doses das vacinas Moderna e Pfizer contra a covid-19.

Agora, a decisão será avaliada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a partir dos resultados de testes clínicos. A previsão é que a avaliação ocorra entre esta sexta-feira e sábado (18). Caso seja aprovada, a imunização de bebês norte-americanos começa ainda na próxima semana, de acordo com a agência de notícias AFP.

Segundo a decisão da FDA - órgão equivalente à Anvisa -, crianças entre 6 meses e 4 anos poderão receber 3 doses da vacina da Pfzier, enquanto crianças de seis meses a cinco anos podem tomar duas doses da Moderna.

Nos Estados Unidos, como no Brasil, crianças menores de 5 anos ainda não receberam imunizantes contra a doença.

O comissário da FDA, Dr. Robert M. Califf, afirmou, em nota, que "como vimos com grupos etários mais velhos, esperamos que as vacinas para crianças mais novas forneçam proteção contra os resultados mais graves do Covid-19 , com hospitalização e óbito”.

Na faixa etária de crianças que podem receber a vacina nos EUA - entre 5 e 11 anos - há uma forte resistência: menos de 40% do público-alvo foi imunizado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos