EUA aprovam Pfizer para crianças de 5 a 11 anos e vacina deve começar a ser aplicada nesta semana

·1 min de leitura
A vial of the new children's dose of the Pfizer-BioNTech Covid-19 vaccine (that will supply ten doses, once reconstituted) is seen at Hartford Hospital in Hartford, Connecticut on November 2, 2021. - An expert panel unanimously recommended Pfizer-BioNTech's Covid vaccine for five- to 11-year-olds on November 2, the penultimate step in the process that will allow injections in young children to begin this week in the United States. The Centers for Disease Control and Prevention (CDC), the top US public health agency, was expected to endorse that recommendation later in the day. (Photo by JOSEPH PREZIOSO / AFP) (Photo by JOSEPH PREZIOSO/AFP via Getty Images)
Dose da Pfizer feita para crianças representa um terço da aplicada em adultos (Foto: JOSEPH PREZIOSO/AFP via Getty Images)
  • Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos aprovou a aplicação da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos

  • Expectativa é que o imunizante comece a ser aplicado em crianças ainda nesta semana

  • FDA, agência regulatória dos EUA, havia aprovado a vacina para crianças no último dia 29

Na última terça-feira (2), o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos aprovou a aplicação da vacina da Pfizer contra a covid-19 em crianças entre 5 e 11 anos. Agora, a expectativa é que este grupo comece a ser imunizado ainda esta semana.

Cerca de 28 milhões de crianças devem ser vacinadas nos Estados Unidos, segundo nota divulgada no site do CDC. A aplicação da vacina da Pfizer em crianças já havia sido aprovada pela agência reguladora norte-americana, o FDA, na última sexta-feira (29).

“O CDC agora expande a recomendação de vacinação para cerca de 28 milhões de crianças nesta faixa etária nos Estados Unidos e permite que os distribuidores comecem a vaciná-las o mais rápido possível”, informou o órgão.

Na votação no FDA, a decisão foi unânime, com exceção de um especialista, que se absteve. Segundo o órgão, os benefícios da vacinação de crianças são maiores do que eventuais riscos. A dose ministrada em crianças corresponde a um terço daquela aplicada em adultos.

No último dia 22, a Pfizer informou que a vacina é segura para crianças entre 5 e 11 anos e tem eficácia de 90,7%. O estudo acompanhou 2.268 crianças que receberam duas doses da vacina ou placebo, com três semanas de intervalo entre as doses. Os resultados mostram que, entre as crianças que tomaram placebo, 16 pegaram a covid-19, enquanto entre as vacinadas, apenas 3 foram infectadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos