EUA consideram aliviar restrições de viagens para países do sul da África, diz Fauci

·1 min de leitura
Anthony Fauci

Por David Shepardson e Michael Erman

WASHINGTON (Reuters) - O governo norte-americano está avaliando diminuir as restrições de viagem para países do sul do continente africano, uma vez que crescem com rapidez as taxas de infecção pela variante Ômicron do coronavírus dentro dos Estados Unidos, afirmou o especialista Anthony Fauci nesta segunda-feira.

"Nós provavelmente vamos voltar atrás nisso muito em breve, porque temos infecções suficientes no nosso país", disse Fauci no Clube Nacional da Imprensa. "Estamos deixando entrar pessoas de outros países que têm tantas infecções ou mais do que países do sul da África. Então provavelmente vamos analisar com muito cuidado para ver se podemos retroceder".

Os Estados Unidos impediram no dia 29 de novembro quase todos os cidadãos estrangeiros que tivessem passado por países do sul do continente africano, incluindo a África do Sul, nos 14 dias anteriores.

Não ficou claro quando as restrições poderiam ter sido suspensas, mas autoridades do setor de turismo disseram que poderiam acontecer já nesta semana. A Casa Branca não comentou o assunto imediatamente.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) começou a distribuir na semana passada testes caseiros gratuitos para viajantes internacionais em vários aeroportos. O CDC incentiva, mas não obriga, viajantes internacionais chegando em aeroportos a adquirirem novos testes de Covid-19 ao chegarem nos Estados Unidos.

As novas regras entraram em vigor no dia 6 de dezembro, exigindo que quase todas as pessoas voando para os Estados Unidos obtenham um teste negativo de Covid-19 um dia antes da viagem.

No mês passado, o CDC ordenou que as companhias aéreas revelassem nomes e outras informações de passageiros que estiveram recentemente nos oito países do sul da África.

(Reportagem de Michael Erman e David Shepardson)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos